“Grão Especial”, inovação e tendência no universo dos cafés em Bom Jardim/RJ


A Sempre Produtora Cultural, dando continuidade às ações implementadas durante a 5ª Festa da Flor & Café de Bom Jardim/RJ ocorrida no último mês de setembro, inova na região com a proposta de implantação do Projeto “Grão Especial. Mergulhando no novo mundo dos cafés, em parceria com a Café!Café!Café!, representada pela cafeóloga, barista e escritora, Moni Abreu, o projeto busca inserir o produtor de café da agricultura familiar no universo da qualidade dos cafés especiais. Apresentado na forma de programa, visa dar suporte ao produtor desde a colheita ao café torrado moído e em grãos. Desta forma, a proposta traz mais um encontro gratuito, que será promovido no dia 5 de dezembro, às 19h em Distrito de Barra Alegre, na sede da Associação de Produtores Rurais, no município de Bom Jardim.

Outro objetivo desta ação empreendedora é trazer para a região oficinas e cursos de capacitação no segmento de cafés especiais. Estratégia essa utilizada pelo projeto em prol da sustentabilidade da produção local, destaca-se realização da oficina  “Alquimia do Café: novas tecnologias e tendências de consumo" no dia 6 de dezembro, às 14h, abrindo o cronograma de capacitação previsto para o ano de 2015.

A oficina é voltada aos consumidores de café em geral, aficcionados e profissionais do ramo. O mercado de café é dinâmico e o simples cafezinho já não satisfaz mais. Os consumidores estão ávidos por bons cafés e novas formas de preparo que possibilitem inovar no consumo e descobrir novos sabores.

“Estamos diante de um ‘boom do café tecnológico’. Novas tecnologias de preparo estão provando que cada xícara pode ser diferente da outra. Nesses novos equipamentos, os processos precisam de padrões meticulosos, e noções de quantidade e tempo tem uma relação precisa para se extrair cafés de alta qualidade. Ainda assim, por serem simples de manusear e garantirem sabores diferenciados com qualidade de extração e requinte no serviço, esses equipamentos possibilitam a qualquer apreciador ter uma cafeteria particular em casa”, explica Moni Abreu, da Café!Café!Café!.

A oficina é aberta a todos os interessados e será dividida em duas partes: teórica e prática, com duração média de duas horas, onde haverá a degustação do café especial Palmares. Durante o evento será possível adquirir equipamentos importados de preparo.

O evento acontecerá na sede da Sempre Produtora Cultural (1,5Km do centro de Bom Jardim, no Jardim Ouro Verde) e o investimento para quem desejar participar será de R$35,00. Haverá transporte saindo da Rodoviária de Bom Jardim até o local do evento. As vagas para a oficina são limitadas e as inscrições e outras informações podem ser obtidas pelos telefones (22) 98127-5494 / 99907-6703 / (21) 98117-7505 e pelo e-mail: festadaflorecafe@yahoo.com.br
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade

http://www.tertuliaonline.com.br/
http://www.revistapacheco.com/p/contato_507.html

Destaques

A primeira vez em que eu quase morri

Uma experiência de quase morte não é algo muito fácil de esquecer, sobretudo quando se tem 16 anos. Nessa época, eu era um rapaz latino-americano, franzino e com algumas espinhas na testa. É verdade, era mais do que eu desejava, se é que alguém deseja ter espinhas. Eu era o típico adolescente: cheio de sonhos, impulsivo e medroso. Mais medroso que impulsivo, aliás.

Sobre o apego e as lembranças que escapam lentamente

O primeiro bem que meu pai me deixou, meio sem querer, foi seu aparelho de telefone celular. Não é um smartphone, não acessa a internet. A câmera fotográfica integrada tem parcos megapixels. As pessoas riem do aparelho quando são apresentadas a ele, sem saber que ali dentro, naquela caixa preta, está guardada minha pequena herança particular.

"Uma Aventura Perigosa"

Max de Castro é um funcionário público insatisfeito com trabalho e com problemas no casamento. Após uma crise de estresse em pleno expediente, incentivado por um psicanalista em um programa de entrevistas, escreve uma carta confessional, que deve ser escondida e destruída em 24 horas, mas a mesma desaparece, antes que ele pudesse fazê-lo. Começa então o inferno de Max, angustiado pela possibilidade de seus maiores segredos serem descobertos, ou por sua esposa, ou por sua cunhada, a jovem Sophia, por quem se sente fortemente atraído.

Cinema: Frances Ha

Em Frances Ha (2012), Frances (Greta Gerwig) é uma jovem nova-iorquina de 27 anos que não corresponde às expectativas idealistas de uma sociedade que exige do indivíduo o sucesso em questões profissionais e afetivas nessa fase. Ao contrário, como muitos jovens nessa idade, Frances ainda não faz ideia do que, para ela, é ser bem sucedida. O artista francês Eugène Delacroix escreveu em 'Diário' que para se chegar a segurança e maturidade do espírito é necessário passar pela sutil delicadeza da nossa sensibilidade juvenil.
As imagens postadas neste site foram retiradas da internet ou enviadas por colaboradores. Se é proprietário de alguma imagem e se sentiu ofendido, por favor, entre em contato conosco e ela será rapidamente tirada do ar.