15 incríveis curiosidades sobre Nova Friburgo

Nova Friburgo é uma cidade da Região Serrana do Estado do Rio de Janeiro. Foi fundada em 1818, e é dona de um patrimônio cultural e natural surpreendente. Confira aqui 15 incríveis curiosidades dela, e descubra que você ainda não sabe tudo sobre esta magnífica cidade!


1 - O Decreto de fundação 


Nova Friburgo, foi criada por um Decreto Real, assinado por Dom João VI em 16 maio  de 1818. É  a primeira cidade do Brasil a ser criada  para depois receber seus futuros habitantes, os Colonos Suíços, vindos em sua maioria do Cantão de Fribourg.


2 - A maior



Nova Friburgo é a maior produtora de flores de corte do Estado do Rio de Janeiro e o 2° maior do Brasil; a maior produtora de morangos do Estado; a maior produtora de trutas do Estado; a maior produtora de couve-flor do mundo; e  o maior polo confeccionista de moda íntima do país (lingerie dia, fitness e moda praia). É também a cidade mais fria do estado.

3 - O Palácio Nova Friburgo
 



O Palácio Nova Friburgo, atual Palácio do Catete, construído entre 1858 e 1867 pelo comerciante e fazendeiro de café Antônio Clemente Pinto, Barão de Nova Friburgo, consagrou-se como um monumento de grande importância histórica, arquitetônica e artística. Erguido no Rio de Janeiro, então Capital Imperial, tornou-se símbolo do poder econômico da elite cafeicultora escravocrata do Brasil oitocentista. Sua concepção em estilo eclético é resultado do trabalho de artistas estrangeiros de renome, como o arquiteto Gustav Waehneldt e os pintores Emil Bauch, Gastão Tassini e Mario Bragaldi. Em 1889, passados vinte anos da morte do Barão e de sua esposa, o Palácio foi vendido à Companhia do Grande Hotel Internacional e, posteriormente, antes que fosse instalada qualquer empresa hoteleira no imóvel, foi vendido ao maior acionista da Companhia, o conselheiro Francisco de Paula Mayrink. Em 18 de abril de 1896, durante o mandato do presidente Prudente de Moraes, à época exercido em caráter interino pelo vice Manuel Vitorino, o Palácio foi adquirido pelo Governo Federal para sediar a Presidência da República, anteriormente instalada no Palácio do Itamaraty. Atualmente, abriga o Museu da República, inaugurado a 15 de novembro de 1960.

4 - Elevações Rochosas



Pico Maior de Friburgo - Formação montanhosa com altitude de 2316 metros, situada no município de Nova Friburgo (RJ), sendo o ponto culminante de toda a Serra do Mar brasileira. É um dos "Três Picos de Salinas", todos localizados no município de Nova Friburgo, e com altitude superior a 2.000 metros de altitude, tendo estes dado o nome ao Parque Estadual dos Três Picos. O lugar também é conhecido pelos pilotos de avião como “Montanhas Fantasmas”, por não estarem registradas nas cartas topográficas.É muito procurado para a prática de montanhismo.

Pico da Caledônia - Com 2.255 metros de altitude, possui uma das mais belas vistas de Nova Friburgo e de outras localidades próximas podendo-se até visualizar a Baía da Guanabara e uma parte da cidade do Rio de Janeiro, Região Serrana, Grande Rio (São Gonçalo, Niterói, Itaboraí), Baixada Fluminense (Guapimirim, Magé e Nova Iguaçu), Região dos Lagos como Maricá, Araruama, Cabo Frio em dias mais claros. Sendo uma das maiores montanhas do estado do Rio de Janeiro e com uma localização privilegiada, possui torres de transmissão de rádio, responsáveis pelas comunicações da Petrobras, possibilitando o envio de dados desde a Bacia de Campos até Brasília sem encontrar nenhuma montanha de maior altitude obstruindo as ondas. Possui também uma rampa de asa delta para prática de voo livre.

5 - Centro do estado do Rio de Janeiro
 

 
O centro do Estado do Rio de Janeiro fica em Nova Friburgo, mais precisamente, aos pés da estátua de Getúlio Vargas, na praça de mesmo nome, identificado por um marco de ferro. A Praça Getúlio Vargas é cercada por grandes e antigos eucaliptos (plantados inicialmente para drenar um pântano que havia no local) e flores, o que torna o local bastante atraente. Ao chegar, logo se avista o monumento ao Presidente Getúlio Vargas em frente a belos jardins. Foi tombada em 1972.

6 - Ferrovia
http://lh3.ggpht.com/-nFeYuU4G0o0/UD6snvsu3eI/AAAAAAAAGl0/dM37tBfP_Vg/trem%252520avenida%252520alberto%252520braune%2525201970.jpg?imgmax=800

A ferrovia foi desativada no final da década de 1960. Porém, existe uma indicação legislativa de autoria do deputado Rogério Cabral (PSB) - atual prefeito - em trâmite desde 2007, para trazer de volta essa modalidade de transporte, que ligaria as cidades de Nova Friburgo e Cachoeiras de Macacu, com fins turísticos.

7 - Igreja de Nossa Senhora das Graças



A Igreja de Nossa Senhora das Graças, no bairro de Olaria, faz parte do acervo de projetos do arquiteto Oscar Niemeyer.

8 - Comunidade Luterana



A Comunidade Evangélica de Confissão Luterana de Nova Friburgo é a mais antiga comunidade luterana do Brasil e da América Latina. Aceita-se como data da fundação o dia 3 de maio de 1824, o dia da chegada dos primeiros imigrantes alemães. Estes vieram em dois veleiros, o Argus e o Caroline, acompanhados do Pastor Friedrich Oswald Sauerbronn, que anteriormente havia sido pároco em Becherbach, na Alemanha (1809-1821).
9 - Catedral de São João Batista
 

Inaugurada em 1869, no centro da cidade. Construída em terreno argiloso, apresenta uma leve inclinação para a esquerda. O nome da Catedral foi uma homenagem a D. João VI, quando assinou o decreto de autorização da vinda de suíços católicos para o Brasil.


10- Teleférico


Teleférico de N.F. é o maior do país com cadeirinhas duplas, possuindo 1.450 metros de comprimento e 1.320 de altura.  

11 - Nova Friburgo e seu caso com a Literatura
 

Machado de Assis esteve duas vezes em Nova Friburgo, com sua esposa Carolina, em 1878 e 1904, de onde escreveu algumas cartas. Machado se refere à primeira temporada em carta de 1.º de fevereiro de 1901, na qual diz ao amigo que “Nova Friburgo é terra abençoada. Foi aí que, depois de longa moléstia, me refiz das carnes perdidas e do ânimo abatido.” [579]. Em janeiro e fevereiro de 1904, o casal subiu a Nova Friburgo, numa tentativa de recuperar a saúde de Carolina. Ela não melhorou, mas Machado adoeceu. Em carta de 31 de janeiro de 1904, ele escreve a Veríssimo: “Veja você o que são as coisas deste mundo. Entrei com saúde em cidade onde outros vêm convalescer de moléstia, e apanhei uma moléstia.” A Prefeitura da cidade, inclusive, pretende criar em homenagem ao dileto escritor a "Calçada Machado de Assis”, no encontro entre a Avenida Alberto Braune e a Rua Augusto Cardoso, no centro da cidade.

Drummond também esteve na cidade, foi aluno do Colégio Anchieta. Aos 15 anos, enquanto aluno do colégio, publicou seu primeiro texto. "Vida nova" — que saiu no dia 14 de abril de 1918 no jornal "Aurora Collegial" — falava da expectativa da chegada à nova escola, "com a alma povoada de esperanças miríficas e sonhos maravilhosos". Foram apenas dois anos de Anchieta, período em que ele escreveu pelo menos dez crônicas. Carlos Drummond de Andrade desde o início demonstrou seu desassossego, em cartas para a mãe, reclama da saudade, do frio, do dormitório que lembra um hospital, do travesseiro que ele ensopou de "lágrimas ardentes", e do banho de madrugada no chuveiro gelado.
O episódio que marcou sua saída do colégio foi uma discussão com o professor de português. As notas eram lidas em voz alta, e quando foi lida a de Drummond, o professor de português, após a leitura, disse: "Essa nota foi dada por comiseração." Ele respondeu: "Eu não quero nota por comiseração, eu quero uma nota justa." Os jesuítas mandaram que se retratasse, senão seria expulso. Ele se retratou — e foi expulso. O poeta se sentiu traído.

No registro de sua expulsão consta o motivo "insubordinação mental", um termo muito comum na época, referente a um tipo de indisciplina considerado grave.
Casimiro de Abreu nasceu em Barra de São João - RJ, no dia 4 de janeiro de 1837. Filho de um rico comerciante português, desde cedo despertou interesse pela literatura. Aos nove anos entrou para o Colégio Frese, em Nova Friburgo. No dia 13 de novembro de 1853, com apenas 16 anos, por não se adaptar ao trabalho no comércio do pai, no Rio de janeiro, foi enviado para Lisboa. O austero pai achava que lá, ele perderia as tendências literárias.

12 - Jogos Florais
 
 
Jogos Florais são concursos de trova (poema autônomo de quatro versos em redondilha maior) realizados sob a égide da União Brasileira de Trovadores. A cidade é considerada o berço dos Jogos Florais, devido o primeiro concurso do gênero ter sido instituído na cidade em 1960. 

13 - Nova Friburgo Country Club

 
Datada do ano de 1871, foi antiga propriedade do primeiro Barão de São Clemente e, mais tarde, da família Guinle. O parque e o chalé foram projetados e construídos, a mando do Barão, pelo arquiteto e paisagista francês Glaziou. Tombado pela antiga SPHAN, atual IPHAN, em 1957. O parque possui com lagos artificiais, alamedas com árvores frutíferas e raras, sendo o prédio do período colonial, com decoração em estilo renascentista e a área central no mais puro estilo mourisco. Conta-se que, em 1883, recebeu a ilustre visita do Imperador D. Pedro II e esposa, que eram amigos pessoais do Barão de Nova Friburgo.


14 - Colégio Anchieta

 
A pedra fundamental data de 1879, sendo que as obras foram concluídas oito anos mais tarde, em 1887. Foi fundado em 1886 pelos padres Lourenço Rossi, Ludovico Magnet e Vicente Prosperi, para funcionar na Casa Grande da antiga fazenda e sesmaria do Morro Queimado. Embora ampliada, foi se tornando insuficiente para abrigar o colégio, tornando-se necessária a construção do prédio atual. Construção neoclássica de fachada principal simétrica com cunhais. Um sistema de seis escadarias une, em diversos pontos, os três andares e as duas alas do edifício. É dupla a escada central que dá acesso do átrio aos pavimentos superiores. Mais de 400 janelas externas dão um aspecto imponente ao grandioso edifício, assim como 150 portas internas, 10 entradas, 32 janelões e 80 janelas abertas sobre vasto jardim do pátio interno onde domina o monumento à Virgem Maria Imaculada, ladeado por dois chafarizes.


15 - Cidade Salubre



Nova Friburgo foi considerada, durante muito tempo, uma cidade salubre, taumaturga, para onde vinham milhares de pessoas para se curar de suas doenças, como foi o caso de Machado de Assis - já citado - e de Rui Barbosa. A cidade contava com inúmeros hotéis, como o Hotel Central, hoje, Colégio Nossa Senhora das Dores, e motivou, inclusive, o estabelecimento do Sanatório Naval de Nova Friburgo, com o objetivo inicial de tratamento da beribéri, e depois, da tuberculose, além do Instituto Sanitário Hidroterápico, do médico Carlos Éboli, considerado o maior da América Latina. A Fonte do Suspiro, que ficava na Praça do Suspiro e era a maior locação de fotos da cidade, tinha fama de poder curativo, que dava alento aos doentes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade

http://www.tertuliaonline.com.br/
http://www.revistapacheco.com/p/contato_507.html

Destaques

A primeira vez em que eu quase morri

Uma experiência de quase morte não é algo muito fácil de esquecer, sobretudo quando se tem 16 anos. Nessa época, eu era um rapaz latino-americano, franzino e com algumas espinhas na testa. É verdade, era mais do que eu desejava, se é que alguém deseja ter espinhas. Eu era o típico adolescente: cheio de sonhos, impulsivo e medroso. Mais medroso que impulsivo, aliás.

Sobre o apego e as lembranças que escapam lentamente

O primeiro bem que meu pai me deixou, meio sem querer, foi seu aparelho de telefone celular. Não é um smartphone, não acessa a internet. A câmera fotográfica integrada tem parcos megapixels. As pessoas riem do aparelho quando são apresentadas a ele, sem saber que ali dentro, naquela caixa preta, está guardada minha pequena herança particular.

"Uma Aventura Perigosa"

Max de Castro é um funcionário público insatisfeito com trabalho e com problemas no casamento. Após uma crise de estresse em pleno expediente, incentivado por um psicanalista em um programa de entrevistas, escreve uma carta confessional, que deve ser escondida e destruída em 24 horas, mas a mesma desaparece, antes que ele pudesse fazê-lo. Começa então o inferno de Max, angustiado pela possibilidade de seus maiores segredos serem descobertos, ou por sua esposa, ou por sua cunhada, a jovem Sophia, por quem se sente fortemente atraído.

Cinema: Frances Ha

Em Frances Ha (2012), Frances (Greta Gerwig) é uma jovem nova-iorquina de 27 anos que não corresponde às expectativas idealistas de uma sociedade que exige do indivíduo o sucesso em questões profissionais e afetivas nessa fase. Ao contrário, como muitos jovens nessa idade, Frances ainda não faz ideia do que, para ela, é ser bem sucedida. O artista francês Eugène Delacroix escreveu em 'Diário' que para se chegar a segurança e maturidade do espírito é necessário passar pela sutil delicadeza da nossa sensibilidade juvenil.
As imagens postadas neste site foram retiradas da internet ou enviadas por colaboradores. Se é proprietário de alguma imagem e se sentiu ofendido, por favor, entre em contato conosco e ela será rapidamente tirada do ar.