O que é um Thriller? Dr. Pacheco responde!


Se você pensa que Thriller é uma música do Michael Jackson... acertou! Na verdade, thriller vem do verbo, to thrill, que entre vários significados (o inglês é assim) tem emocionar, excitar, ou impressionar. Thriller vem traduzido como suspense, mas na música de Michael Jackson, como Terror.
Thriller ou suspense é um gênero da literatura, filmes, jogos eletrônicos e televisão que usa o suspense, tensão e excitação como principais elementos. O seu principal subgênero é o "thriller psicológico". 

Tanto o ato de esconder informações importantes do leitor/espectador como cenas de perseguições são características comuns em todos os subgêneros de thrillers, embora cada gênero tenha características próprias. Outra grande característica do thriller são os clímax criados para prender os leitores/telespectadores. Esses momentos ocorrem geralmente quando o personagem principal é colocado em uma situação ameaçadora, misteriosa, em uma fuga ou uma perigosa missão da qual parece impossível escapar. A sua própria vida é ameaçada, geralmente porque o personagem principal é inocente ou inconscientemente está envolvido na trama.


"A Odisseia de Homero é uma das mais antigas histórias no mundo ocidental e é considerado um protótipo do thriller." Um thriller é uma trama controlada por um vilão, em que ele apresenta obstáculos que o herói deve superar.

O thriller contém alguns subgêneros, como o Thriller de conspiração, o Thriller criminal e o Thriller psicológico.


No thriller de conspiração, o protagonista, geralmente, são jornalistas ou investigadores amadores que, geralmente sem saber, "puxam um fio" e acabam por descobrir uma grande conspiração, que investigam até descobrir todos os segredos por trás dela, assim se tornando uma ameaça e alvo para os conspiradores. A complexidade de fatos históricos são muito utilizadas nesse gênero, onde se faz um jogo de moralidade, o vilão faz coisas ruins e os mocinhos tem que derrotá-lo.

Algumas características desse gênero são pessoas com a vida colocada em risco pela conspiração e as narrações feitas como em suspenses policiais. Um fato comum nas mídias desse gênero é a frustração do personagem por não conseguir provas sobre a conspiração, já que os vilões sempre encobrem todos os fatos com rumores e mentiras.

O thriller criminal é uma mistura de filmes sobre crimes e o thriller, que mostra uma sequência de crimes bem-sucedidos e falhos, em que o protagonista trata de investigar os crimes, fazer sua detecção e descobrir quem são os criminosos e os seus motivos. Nesse gênero, geralmente se foca no criminoso e não no investigador/policial. Geralmente, se enfatiza a ação sobre os aspectos psicológicos dos personagens. Os temas mais comuns são serial killers, assassinatos, assaltos, perseguições e tiroteios.

No thriller psicológico, os personagens não são dependentes da força física para superar seus inimigos (que é frequentemente o caso típico de thrillers de ação), mas dependem de suas capacidades mentais, seja pela inteligência lutando com um oponente formidável, ou por tentar se manter em perfeito estado psicológico.


Uma das características nesse gênero é que o escritor/roteirista visa em descrever os eventos do ponto de vista do personagem, sendo assim, na maioria das vezes, sendo narrada em primeira pessoa, ou seja, o próprio personagem é quem conta a história. Esse recurso é muito usado pois faz o leitor ficar mais envolvido com o personagem e ser capaz de entender como funciona sua mente. Outra característica desse tipo de thriller é que a narração volta muitas vezes no tempo, em que o personagem conta algo que aconteceu a algum tempo, mais especificamente para mostrar as motivações do personagem, ou como algo mudou sua percepção sobre seu passado/presente.


Embora esses subgêneros do thriller estejam bem especificados, acredito que eles não tenham o intuito de esgotar, nem esgotam as possibilidades de emocionar o leitor. Se levarmos em conta o sentido da palavra original que definiu o thriller - emocionar/excitar - então podemos falar atualmente até em Thriller Erótico, com a ascensão dos romances eróticos dos últimos anos - até porque a intenção dessas publicações é justamente emocionar, de uma forma diferente dos outros subgêneros do thriller.


Mas voltando a falar de Michael Jackson,Thriller é o sexto álbum de estúdio do Rei do Pop. Foi lançado em 30 de novembro de 1982 (pois é, acabou de fazer aniversário!) pela gravadora Epic/CBS Records, como sequência a Off the Wall, álbum de 1979 que foi um grande sucesso de crítica e público. Thriller explora gêneros semelhantes aos que foram abordados em Off the Wall, como o pop, soul, R&B, rock e o pós-disco.

Em pouco mais de um ano, o álbum se tornou — e continua a ser — o álbum mais vendido e bem sucedido de todos os tempos, com vendas estimadas por diversas fontes entre 60 milhões de cópias mundialmente figurando ainda como o álbum mais vendido da história dos Estados Unidos. 

No Brasil, Thriller é o álbum internacional mais vendido de todos os tempos. Até 2001, tinha vendido 1.2 milhões de cópias. "Billie Jean" foi a segunda canção mais executada nas rádios do país em 1983, atrás somente de "Menina Veneno", do cantor Ritchie. Junto com "Billie Jean", "Beat It", "The Girl Is Mine" e "Thriller" foram os maiores sucessos do álbum no Brasil. Em 1984, o disco entrou para o livro Guinness dos Recordes.

Thriller solidificou o status de Jackson como o maior popstar de todos os tempos, e lhe permitiu derrubar barreiras raciais através de suas aparições na MTV e encontros com o presidente americano Ronald Reagan, na Casa Branca. O álbum foi o primeiro a usar com sucesso o videoclipe como ferramenta promocional - os videoclipes de "Thriller", "Billie Jean" e "Beat It" eram exibidos constantemente na MTV, e foram considerados "extremamente inovadores" e "altamente a frente de seu tempo" para a época.
 
Ao final da música há uma participação de Vincent Price, mundialmente conhecido por contracenar em filmes de suspense e terror, o que lhe rendeu a alcunha de Mestre do Macabro. Price recita o trecho final da música, e termina com uma sonora gargalhada, que ficou tão famosa quando o próprio Price, Michael e Thriller.

Para você que ainda não conferiu a tradução da música, leia embaixo e fique mais por dentro do que é um thriller!
 
Terror

É quase meia-noite
Algo maligno está espreitando na escuridão
Sob o luar
Você tem uma visão que quase para seu coração
Você tenta gritar
Mas o terror lhe tira a voz antes
Você começa a congelar
Enquanto o horror te olha bem nos olhos
Você está paralisado

Porque isso é terror
Noite de terror
E ninguém vai salvar você
Da besta prestes a atacar
Você sabe que isso é terror
Noite de terror
Você está lutando por sua vida
Em uma assassina
Noite de terror

Você ouve a porta bater
E percebe que não há para onde correr
Você sente a mão fria
E se pergunta se você verá o sol
Você fecha seus olhos
E deseja que isso seja apenas imaginação
Mas enquanto isso
Você ouve a criatura rastejando atrás de você
Você está sem tempo

Porque isso é terror
Noite de terror
Não há segunda chance
Contra a coisa com quarenta olhos, garota
Terror, noite de terror
Você está lutando por sua vida
Em uma assassina
Noite de terror

As criaturas da noite chamam
E os mortos começa a andar em seus disfarces
Não há escapatória das presas do alien dessa vez
(Elas estão bem abertas)
Este é o fim da sua vida

Eles estão atrás de você
Há demônios cercando você por todos os lados
Eles irão te possuir
A menos que você mude o número da ligação
Agora é a hora
Para você e eu ficarmos juntos abraçados
Por toda a noite
Eu vou te salvar do terror na tela
Eu vou fazer você ver

Que isso é terror
Noite de terror
Porque eu posso te aterrorizar mais
Que qualquer fantasma ousaria tentar
Terror, noite de terror
Então me deixe te abraçar
E compartilharmos uma assassina, arrepiante, congelante
Noite de terror

Porque isto é o terror
Noite de terror
Garota, eu posso te aterrorizar mais
Do que qualquer fantasma poderia ousar tentar
Terror, noite de terror
Então me deixe te abraçar
E compartilharmos uma assassina, aterrorizante

Eu vou te aterrorizar esta noite

[Rap]
A escuridão cai sobre a terra
A meia-noite está próxima
Criaturas rastejam em busca de sangue
Para aterrorizar sua vizinhança
E todos que forem achados
Sem a alma em seu corpo
Devem ficar e enfrentar os cães do inferno
E apodrecerem dentro de uma casca de cadáver

Eu vou te aterrorizar esta noite
(Terror, terror)
Eu vou te aterrorizar esta noite
(Noite de terror, terror)
Eu vou te aterrorizar esta noite
Querida, eu vou te aterrorizar esta noite
Noite de terror, querida

[Rap]
O fedor mais abominável está no ar
O odor de quarenta mil anos
E fantasmas pardos de cada túmulo
Estão se aproximando para selar seu destino
E apesar de você lutar para permanecer vivo
Seu corpo começa a tremer
Pois nenhum mero mortal pode resistir
Ao mal do terror

Pacheco também é cultura!

Um comentário:

Publicidade

http://www.tertuliaonline.com.br/
http://www.revistapacheco.com/p/contato_507.html

Destaques

A primeira vez em que eu quase morri

Uma experiência de quase morte não é algo muito fácil de esquecer, sobretudo quando se tem 16 anos. Nessa época, eu era um rapaz latino-americano, franzino e com algumas espinhas na testa. É verdade, era mais do que eu desejava, se é que alguém deseja ter espinhas. Eu era o típico adolescente: cheio de sonhos, impulsivo e medroso. Mais medroso que impulsivo, aliás.

Sobre o apego e as lembranças que escapam lentamente

O primeiro bem que meu pai me deixou, meio sem querer, foi seu aparelho de telefone celular. Não é um smartphone, não acessa a internet. A câmera fotográfica integrada tem parcos megapixels. As pessoas riem do aparelho quando são apresentadas a ele, sem saber que ali dentro, naquela caixa preta, está guardada minha pequena herança particular.

"Uma Aventura Perigosa"

Max de Castro é um funcionário público insatisfeito com trabalho e com problemas no casamento. Após uma crise de estresse em pleno expediente, incentivado por um psicanalista em um programa de entrevistas, escreve uma carta confessional, que deve ser escondida e destruída em 24 horas, mas a mesma desaparece, antes que ele pudesse fazê-lo. Começa então o inferno de Max, angustiado pela possibilidade de seus maiores segredos serem descobertos, ou por sua esposa, ou por sua cunhada, a jovem Sophia, por quem se sente fortemente atraído.

Cinema: Frances Ha

Em Frances Ha (2012), Frances (Greta Gerwig) é uma jovem nova-iorquina de 27 anos que não corresponde às expectativas idealistas de uma sociedade que exige do indivíduo o sucesso em questões profissionais e afetivas nessa fase. Ao contrário, como muitos jovens nessa idade, Frances ainda não faz ideia do que, para ela, é ser bem sucedida. O artista francês Eugène Delacroix escreveu em 'Diário' que para se chegar a segurança e maturidade do espírito é necessário passar pela sutil delicadeza da nossa sensibilidade juvenil.
As imagens postadas neste site foram retiradas da internet ou enviadas por colaboradores. Se é proprietário de alguma imagem e se sentiu ofendido, por favor, entre em contato conosco e ela será rapidamente tirada do ar.