A amiga especial de Andressa Urach


Há fatos que são um prato cheio para contistas que acham que são cronistas, assim como eu. Um deles é a eterna exposição da ex latinete, vice miss bumbum, modelo e atriz (ufa!) Andressa Urach.

Semana passada foi notícia em mídias da web que ela estava na França divulgando o concurso, "pelo qual" ganhou fama mundial. No dia 05 de março, a notícia era que a ex latinete afirmara, desta vez em solo americano, que pretende investir na carreira de atriz por lá mesmo: "Tenho capacidade e inteligência para ser muito mais do que isso".

Eu acho que a fama que ela ganhou não foi por isso, e sim pela sua amizade colorida com Camila Vernaglia, terceira colocada do Miss Bumbum 2012. Aliás, este chegou ao fim, já há algum tempo (como muitos imaginavam, não é mesmo?). Em dezembro (às vésperas do resultado do concurso), Andressa assumiu sua bissexualidade, e afirmou estar tendo um “affair” com uma das participantes do Miss Bumbum, que depois confirmou-se ser Camila.


As duas, algum tempo depois, foram flagradas trocando beijos e carícias em uma lancha, e suas fotos logo ganharam a internet e o noticiário internacional. O anúncio do namoro fez mais estardalhaço do que o próprio resultado do concurso, que teve como campeã a paraense Carine Felizardo.


Em 29 de janeiro, no lançamento da “Sexy” de fevereiro, Camila revelou ao site EGO que as duas não estariam mais juntas: "Nós tivemos um caso, não temos mais por conta do trabalho. Somos muito amigas. Não quero arrumar namorada, foi legal enquanto durou".

Para polemizar, Andressa Urach disse também em entrevista ao site que seu derrière é mais bonito do que o da primeira colocada e que ela era a verdadeira vencedora do concurso.
 
Pois bem, as declarações de Andressa, e seu namoro com Camila, parecem fazer parte de uma estratégia de marketing, muito bem elaborada, visto que isso garantiu às duas (talvez mais à vice-campeã) notoriedade maior do que à campeã.

A bissexualidade feminina em nossa sociedade assumiu um caráter fetichista e hoje não é incomum uma modelo, atriz, ou assistente de palco assumi-la, garantindo-lhe certa popularidade, por algum tempo. Já a masculina, à vezes, leva anos para ser revelada. Marco Nanini (ator) e José de Abreu (ator), recentemente assumiram outra opção sexual, para surpresa dos telespectadores.

Não estou aqui para por em xeque a veracidade do relacionamento das garotas do Miss Bumbum, mas toda semana há alguma matéria sobre a Andressa Urach, para não dizer coisa alguma. E nem se toca mais no assunto da namoradinha. O fato é que hoje em dia muita coisa é feita para voltar ou chegar à mídia. Correr pelada em final de reality show ou ser xingada por universitários. Até posar para foto depois da tempestade. E em terras tupiniquins, ou tudo acaba em pizza, ou em bunda. Até uma crônica.


 



George dos Santos Pacheco

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade

http://www.tertuliaonline.com.br/
http://www.revistapacheco.com/p/contato_507.html

Destaques

A primeira vez em que eu quase morri

Uma experiência de quase morte não é algo muito fácil de esquecer, sobretudo quando se tem 16 anos. Nessa época, eu era um rapaz latino-americano, franzino e com algumas espinhas na testa. É verdade, era mais do que eu desejava, se é que alguém deseja ter espinhas. Eu era o típico adolescente: cheio de sonhos, impulsivo e medroso. Mais medroso que impulsivo, aliás.

Sobre o apego e as lembranças que escapam lentamente

O primeiro bem que meu pai me deixou, meio sem querer, foi seu aparelho de telefone celular. Não é um smartphone, não acessa a internet. A câmera fotográfica integrada tem parcos megapixels. As pessoas riem do aparelho quando são apresentadas a ele, sem saber que ali dentro, naquela caixa preta, está guardada minha pequena herança particular.

"Uma Aventura Perigosa"

Max de Castro é um funcionário público insatisfeito com trabalho e com problemas no casamento. Após uma crise de estresse em pleno expediente, incentivado por um psicanalista em um programa de entrevistas, escreve uma carta confessional, que deve ser escondida e destruída em 24 horas, mas a mesma desaparece, antes que ele pudesse fazê-lo. Começa então o inferno de Max, angustiado pela possibilidade de seus maiores segredos serem descobertos, ou por sua esposa, ou por sua cunhada, a jovem Sophia, por quem se sente fortemente atraído.

Cinema: Frances Ha

Em Frances Ha (2012), Frances (Greta Gerwig) é uma jovem nova-iorquina de 27 anos que não corresponde às expectativas idealistas de uma sociedade que exige do indivíduo o sucesso em questões profissionais e afetivas nessa fase. Ao contrário, como muitos jovens nessa idade, Frances ainda não faz ideia do que, para ela, é ser bem sucedida. O artista francês Eugène Delacroix escreveu em 'Diário' que para se chegar a segurança e maturidade do espírito é necessário passar pela sutil delicadeza da nossa sensibilidade juvenil.
As imagens postadas neste site foram retiradas da internet ou enviadas por colaboradores. Se é proprietário de alguma imagem e se sentiu ofendido, por favor, entre em contato conosco e ela será rapidamente tirada do ar.