Abertas as inscrições para os LIV Jogos Florais de Nova Friburgo

Estão abertas as inscrições para os LIV Jogos Florais de Nova Friburgo. São no máximo de 03 (três) trovas por tema, pelo sistema de envelopes. As trovas serão recebidas até 28/02/2013. Nos concursos de Nova Friburgo, não há necessidade de colocar palavra-tema na trova; basta que a ideia-tema esteja clara.
Os Jogos Florais são concursos de Trova realizados sob a égide da União Brasileira de Trovadores. O primeiro concurso do gênero foi instituído na cidade fluminense de Nova Friburgo em 1960, considerada hoje o berço dos Jogos Florais. 

O nome parece vir da Antiguidade Clássica, época em que se faziam competições literárias em homenagem à deusa Flora e cujos vencedores ganhavam pedras preciosas com formato de flores.

Os I Jogos Florais de Nova Friburgo foram, então, realizados em 1960 com o tema "AMOR" e receberam mais de 2000 trovas do Brasil e do exterior. (Wikipédia)
Confira a seguir as categorias e temas para concorrer:
Concursos de âmbito Nacional/Internacional (língua portuguesa)
TEMAS:
PREÇO (líricas ou filosóficas)
TRUQUE (humorísticas)
Remeter para:
LIV Jogos Florais de Nova Friburgo
A/C de Dilva Maria Moraes
Av. Ariosto Bento de Mello, 30/502
Cep 28.610-100 - Nova Friburgo/RJ
Concursos de âmbito local 
(apenas trovadores residentes em Nova Friburgo)
TEMAS:
GAVETA  (trovas líricas ou filosóficas)
CHAVE  (trovas humorísticas)
Remeter para:
LIV Jogos Florais de Nova Friburgo
A/C de Maria Nascimento Santos Carvalho
Rua Barata Ribeiro, 189, aptº 502
Cep 22.011-000 - Rio de Janeiro/RJ
 Para "Magníficos Trovadores
TEMAS:
LÍRICA/FILOSÓFICA = "VIGÍLIA"
 HUMORÍSTICA =        "XADREZ"
Remeter para:
LIV Jogos Florais de Nova Friburgo
Concurso dos Magníficos Trovadores
A/C de Sérgio Bernardo
Rua Helena Coutinho, 60 - Braunes
Cep 28.611-100 - Nova Friburgo/RJ
Concurso Paralelo - 2013
(em homenagem aos 150 anos da Banda Euterpe Friburguense)
Enviar uma trova até 28.02.2013 para
Elisabeth Souza Cruz
Rua Santa Martha, 70 - Jardim Ouro Preto
Cep 28.633-080, Nova Friburgo - RJ
 
OBS = os que residirem em Nova Friburgo, enviar para o mesmo endereço dos temas "Gaveta" e "Chave".
Comentário do Pacheco:

Eu participei ano passado do último concurso de trovas do Grêmio Português, e - modéstia à parte - minhas trova estavam excelentes - depois posto aqui. Devido minha presunção de qualidade das trovas, não entendi porque não entrei no rol de agraciados. Foi quando eu decidi participar dos jogos Florais desse ano, e para minha surpresa, eu errei no Sistema de Envelopes. Se você quer participar, mas não sabe como funciona esse bendito sistema, aqui embaixo vai o passo a passo, retirado do site Falando de Trova: 


Como enviar Trovas

Para remessas de trovas em concursos promovidos ou apoiados pela UBT (União Brasileira de Trovadores) a utilização padrão é a do:

SISTEMA DE ENVELOPES 

- Datilografar ou digitar o tema e a trova na face externa de um pequeno envelope de cor branca, medindo aproximadamente 8 x 11 cm.

- Colocar dentro desse envelopinho uma papeleta com a identificação do autor da trova, seu endereço completo, telefone, email(quando tiver e assinatura. Em seguida, lacrar o pequeno envelope, para manter o sigilo exigido nos concursos.

- Colocar esse envelopinho dentro de outro maior e remeter para o endereço do concurso. Como remetente, colocar sempre "Luiz Otávio" (
Luiz Otávio (nome literário de Gilson de Castro) foi um poeta brasileiro), e repetir o endereço do destinatário. (Isso é para que o trovador seja anônimo, garantindo maior lisura ao certame)

     
Nos concursos em que se possa concorrer com mais de uma trova, todas elas poderão ser enviadas juntas, ou seja, cada qual em um pequeno envelope e todas dentro de um único envelope maior.
 
As trovas a serem enviadas para os concursos deverão ser inéditas, ou seja, não poderão ser trovas já premiadas nem já publicadas.

Trovas enviadas para um concurso e não premiadas, poderão ser reaproveitadas em concursos posteriores.
 
Eventualmente algum concurso estipula, no Regulamento, que o remetente seja outro nome, e não "Luiz Otávio". Atentar para esse detalhe e seguir o que o regulamento solicita.

                                                                                                         OBSERVAÇÕES
 
I   Se não constar no regulamento específico, não é obrigatória a utilização da palavra-tema na trova (pode ser cognata, ou nem constar, desde que fique claro o sentido da mensagem, em relação ao tema exigido).
 
II  A divulgação dos concursos em andamento e os resultados consta de Informativos e também de vários sites. O www.falandodetrova.com.br é um deles.
 
III Se eventualmente um concurso não utilizar o "Sistema de Envelopes", leia com atenção o regulamento do mesmo, para não correr o risco de ter seu trabalho desclassificado sumariamente.

                                                                                                     RECOMENDAÇÕES
 
I   Não inicie todos os versos com letra maiúscula, muito menos digite a trova toda só com maiúsculas, obedecendo sempre a todas as pontuações.   
 
II  Evite enviar simultaneamente para mais de um concurso a mesma trova.
 
III Nunca deixe para enviar os trabalhos nos últimos dias. O Correio pode atrasar-se e a maioria dos concursos considera a data de chegada e não a de postagem. Que é outro detalhe a ser visto no regulamento.
 
IV  Se for premiado, avise em tempo hábil, após receber a competente notificação, se poderá ou não comparecer. Caso compareça, não se esqueça de entrar em contato depois. As Comissões Organizadoras necessitam muito desses cuidados aparentemente tão simples. Afinal, elas passam o ano todo trabalhando por você.

Pacheco também é cultura!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade

http://www.tertuliaonline.com.br/
http://www.revistapacheco.com/p/contato_507.html

Destaques

A primeira vez em que eu quase morri

Uma experiência de quase morte não é algo muito fácil de esquecer, sobretudo quando se tem 16 anos. Nessa época, eu era um rapaz latino-americano, franzino e com algumas espinhas na testa. É verdade, era mais do que eu desejava, se é que alguém deseja ter espinhas. Eu era o típico adolescente: cheio de sonhos, impulsivo e medroso. Mais medroso que impulsivo, aliás.

Sobre o apego e as lembranças que escapam lentamente

O primeiro bem que meu pai me deixou, meio sem querer, foi seu aparelho de telefone celular. Não é um smartphone, não acessa a internet. A câmera fotográfica integrada tem parcos megapixels. As pessoas riem do aparelho quando são apresentadas a ele, sem saber que ali dentro, naquela caixa preta, está guardada minha pequena herança particular.

"Uma Aventura Perigosa"

Max de Castro é um funcionário público insatisfeito com trabalho e com problemas no casamento. Após uma crise de estresse em pleno expediente, incentivado por um psicanalista em um programa de entrevistas, escreve uma carta confessional, que deve ser escondida e destruída em 24 horas, mas a mesma desaparece, antes que ele pudesse fazê-lo. Começa então o inferno de Max, angustiado pela possibilidade de seus maiores segredos serem descobertos, ou por sua esposa, ou por sua cunhada, a jovem Sophia, por quem se sente fortemente atraído.

Cinema: Frances Ha

Em Frances Ha (2012), Frances (Greta Gerwig) é uma jovem nova-iorquina de 27 anos que não corresponde às expectativas idealistas de uma sociedade que exige do indivíduo o sucesso em questões profissionais e afetivas nessa fase. Ao contrário, como muitos jovens nessa idade, Frances ainda não faz ideia do que, para ela, é ser bem sucedida. O artista francês Eugène Delacroix escreveu em 'Diário' que para se chegar a segurança e maturidade do espírito é necessário passar pela sutil delicadeza da nossa sensibilidade juvenil.
As imagens postadas neste site foram retiradas da internet ou enviadas por colaboradores. Se é proprietário de alguma imagem e se sentiu ofendido, por favor, entre em contato conosco e ela será rapidamente tirada do ar.