Conselho Municipal de Cultura apresenta a candidatos a prefeito propostas para o setor

A partir dessa semana, membros do Conselho Municipal de Cultura (CMC) se reunirão com os candidatos a prefeito de Nova Friburgo para apelar por investimentos no setor, informá-los sobre as principais demandas dos artistas locais e ainda atualizá-los sobre o plano de metas para a cultura, elaborado pelo governo federal após conferências de cultura municipais e estaduais realizadas nos últimos nove anos.
Os encontros com os prefeitáveis terão início no próximo dia 27 com Edil Nunes, do Psol. Dia 28 será a vez de Rogério Cabral (PSD); dia 3 de setembro, Marconi Medeiros (PMN); dia 4, Jairo Wermelinger (PHS), e dia 11, Jorge Carvalho (PTdoB). A candidata Saudade Braga ainda não confirmou o encontro com o conselho, previsto para 10 de setembro.
As assessorias dos candidatos já receberam sete perguntas elaboradas pelo CMC com um mês de antecedência e o pedido para os prefeitáveis apresentarem nos encontros até nove compromissos de investimentos na cultura local. O CMC vai apelar ainda para cada candidato o desejo de reestruturação da Secretaria Municipal de Cultura com pessoal técnico.
“Temos equipamentos, mas não há servidores que sejam também iluminadores cênicos, sonoplastas, enfim, que entendam a linguagem artística. Queremos ocupar o espaço de diálogo com o poder público, sendo parceiros do próximo governante”, diz o presidente do CMC, o ator e professor de teatro Rodrigo Guadagnini, junto ao vice, o músico Giovanni Bizzotto.
Eles lembram ainda que nos encontros os candidatos à sucessão municipal saberão dos recentes avanços na política cultural no município. É ainda uma meta do CMC desenvolver a cultura local em sintonia com o Sistema Nacional de Políticas Culturais.
“Nas conferências foram identificadas as necessidades de investimentos e dinamização dos planos municipais de cultura. A partir dessas propostas aprovadas nas conferências locais, o governo federal planejou incluir o Brasil num outro patamar de cultura até 2020”, destacou Rodrigo Guadagnini.

Nova Friburgo já tem Plano Municipal de Cultura


O vice-presidente do CMC, Giovanni Bizzotto, destacou também que o órgão pretende situar os candidatos a prefeito em relação ao Plano de Cultura elaborado e aprovado na Conferência Municipal de Cultura. “É desejo do CMC que esse plano seja seguido pelo próximo prefeito”, frisou Bizzotto, enumerando alguns pontos principais do Plano Municipal de Cultura, como a dotação mínima de 1% do orçamento do município para a cultura, aprovação de lei municipal de incentivo a cultura e incrementos a atividades artísticas, realização de festivais locais e ações para estímulo a cultura entre estudantes com a descoberta de novos talentos.
O Plano Municipal de Cultura precisa ainda ser aprovado pela Câmara dos Vereadores através de projeto de lei. Se o próximo prefeito “abraçar a causa”, Nova Friburgo será o segundo município brasileiro a possuir um Plano de Cultura adequado às novas diretrizes da União (o primeiro a aprovar as novas normas foi Petrópolis).
O CMC friburguense quer informar ainda aos prefeitáveis que o governo federal elaborou uma cartilha para ajudar os chefes dos executivos municipais a adequarem as políticas públicas de cultura com a participação efetiva dos conselhos dando-lhes ainda maior credibilidade perante a sociedade e aos integrantes do setor. Rodrigo Guadagnini informou também que em Nova Friburgo o CMC readequou seu estatuto com base nas diretrizes da cartilha.
“Assim teremos mais cadeiras no conselho com representantes da sociedade civil. Servidores lotados na Secretaria Municipal de Cultura não poderão participar. Precisamos que seja destacada para a secretaria uma equipe permanente, que atue independente do governo”, resume Guadagnini, lembrando outro objetivo do CMC: “Ocupar o espaço de diálogo da cultura com o poder público sendo parceiro da Prefeitura junto com a sociedade civil”.

Fonte: Henrique Amorim,  A Voz da Serra

Pacheco também é cultura!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade

http://www.tertuliaonline.com.br/
http://www.revistapacheco.com/p/contato_507.html

Destaques

A primeira vez em que eu quase morri

Uma experiência de quase morte não é algo muito fácil de esquecer, sobretudo quando se tem 16 anos. Nessa época, eu era um rapaz latino-americano, franzino e com algumas espinhas na testa. É verdade, era mais do que eu desejava, se é que alguém deseja ter espinhas. Eu era o típico adolescente: cheio de sonhos, impulsivo e medroso. Mais medroso que impulsivo, aliás.

Sobre o apego e as lembranças que escapam lentamente

O primeiro bem que meu pai me deixou, meio sem querer, foi seu aparelho de telefone celular. Não é um smartphone, não acessa a internet. A câmera fotográfica integrada tem parcos megapixels. As pessoas riem do aparelho quando são apresentadas a ele, sem saber que ali dentro, naquela caixa preta, está guardada minha pequena herança particular.

"Uma Aventura Perigosa"

Max de Castro é um funcionário público insatisfeito com trabalho e com problemas no casamento. Após uma crise de estresse em pleno expediente, incentivado por um psicanalista em um programa de entrevistas, escreve uma carta confessional, que deve ser escondida e destruída em 24 horas, mas a mesma desaparece, antes que ele pudesse fazê-lo. Começa então o inferno de Max, angustiado pela possibilidade de seus maiores segredos serem descobertos, ou por sua esposa, ou por sua cunhada, a jovem Sophia, por quem se sente fortemente atraído.

Cinema: Frances Ha

Em Frances Ha (2012), Frances (Greta Gerwig) é uma jovem nova-iorquina de 27 anos que não corresponde às expectativas idealistas de uma sociedade que exige do indivíduo o sucesso em questões profissionais e afetivas nessa fase. Ao contrário, como muitos jovens nessa idade, Frances ainda não faz ideia do que, para ela, é ser bem sucedida. O artista francês Eugène Delacroix escreveu em 'Diário' que para se chegar a segurança e maturidade do espírito é necessário passar pela sutil delicadeza da nossa sensibilidade juvenil.
As imagens postadas neste site foram retiradas da internet ou enviadas por colaboradores. Se é proprietário de alguma imagem e se sentiu ofendido, por favor, entre em contato conosco e ela será rapidamente tirada do ar.