Campanha de vacinação com duas novas vacinas começa amanhã, 18 de agosto



O ministro da saúde, Alexandre Padilha, lançou, nesta terça-feira, a campanha de atualização da caderneta de vacinação para crianças de até cinco anos de idade. O objetivo é ampliar a imunização desse público, que soma 14,1 milhões de pessoas. Entre os dias 18 e 24 de agosto, todas as vacinas do calendário básico da criança estarão disponíveis em aproximadamente 34.000 postos de saúde do país. Nesse período, os pais de crianças desta faixa etária deverão levar seus filhos a algum posto de vacinação do Sistema Único de Saúde (SUS) para que os profissionais avaliem a caderneta de imunização e a atualizem se for necessário.
O ministro também anunciou a inclusão de duas novas vacinas no calendário básico. Uma delas é a pentavalente, que reúne a vacina contra hepatite B à tetravalente — que protege contra difteria, tétano, coqueluche e Haemophilus influenzae tipo b (meningite e outras doenças bacterianas). A outra é a vacina inativada poliomielite (VIP), que é injetável e destinada às crianças que nunca foram imunizadas contra a paralisia infantil. Elas devem receber a primeira dose aos dois meses de idade e a segunda aos quatro meses. As terceira e quarta doses deverão ser recebidas aos seis e aos 15 meses, respectivamente, e em forma de vacina oral (as gotinhas).
Além dessas duas vacinas, estarão disponíveis durante a campanha de atualização da caderneta a BCG; hepatite B; Vacina Oral Poliomielite (VOP); rotavírus; pneumocócica 10 valente; meningocócica C conjugada; febre amarela; tríplice viral (sarampo, rubéola e caxumba); e DTP (difteria, tétano e coqueluche).

Vitamina A — O Ministério da Saúde também anunciou que vai disponibilizar doses de vitamina A para crianças entre seis meses e cinco anos de idade. A ação, que também começará no próximo sábado, vai priorizar todos os estados das regiões Norte e Nordeste, além das regiões do Vale do Mucuri e Vale do Jequitinhonha, em Minas Gerais. O objetivo da suplementação é reduzir a morbidade e a mortalidade infantil em regiões mais pobres, que apresentam maiores índices de deficiência em vitamina A. O nutriente ajuda a prevenir infecções e reduz o risco de mortes por diarreia, além de contribuir para a saúde da visão e para o desenvolvimento cognitivo. A iniciativa deve ser ampliada para o restante do país até o final de 2012.

Em Nova Friburgo, haverá vacinação em diversos pontos da cidade, inclusive em escolas, sendo disponibilizados 50 locais de vacinação, onde estarão envolvidos cerca de 300 profissionais.

Mais informações pelos telefones 2522-8316 ou 9932-1495.

Fontes e Referências:

Pacheco também é cultura!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade

http://www.tertuliaonline.com.br/
http://www.revistapacheco.com/p/contato_507.html

Destaques

A primeira vez em que eu quase morri

Uma experiência de quase morte não é algo muito fácil de esquecer, sobretudo quando se tem 16 anos. Nessa época, eu era um rapaz latino-americano, franzino e com algumas espinhas na testa. É verdade, era mais do que eu desejava, se é que alguém deseja ter espinhas. Eu era o típico adolescente: cheio de sonhos, impulsivo e medroso. Mais medroso que impulsivo, aliás.

Sobre o apego e as lembranças que escapam lentamente

O primeiro bem que meu pai me deixou, meio sem querer, foi seu aparelho de telefone celular. Não é um smartphone, não acessa a internet. A câmera fotográfica integrada tem parcos megapixels. As pessoas riem do aparelho quando são apresentadas a ele, sem saber que ali dentro, naquela caixa preta, está guardada minha pequena herança particular.

"Uma Aventura Perigosa"

Max de Castro é um funcionário público insatisfeito com trabalho e com problemas no casamento. Após uma crise de estresse em pleno expediente, incentivado por um psicanalista em um programa de entrevistas, escreve uma carta confessional, que deve ser escondida e destruída em 24 horas, mas a mesma desaparece, antes que ele pudesse fazê-lo. Começa então o inferno de Max, angustiado pela possibilidade de seus maiores segredos serem descobertos, ou por sua esposa, ou por sua cunhada, a jovem Sophia, por quem se sente fortemente atraído.

Cinema: Frances Ha

Em Frances Ha (2012), Frances (Greta Gerwig) é uma jovem nova-iorquina de 27 anos que não corresponde às expectativas idealistas de uma sociedade que exige do indivíduo o sucesso em questões profissionais e afetivas nessa fase. Ao contrário, como muitos jovens nessa idade, Frances ainda não faz ideia do que, para ela, é ser bem sucedida. O artista francês Eugène Delacroix escreveu em 'Diário' que para se chegar a segurança e maturidade do espírito é necessário passar pela sutil delicadeza da nossa sensibilidade juvenil.
As imagens postadas neste site foram retiradas da internet ou enviadas por colaboradores. Se é proprietário de alguma imagem e se sentiu ofendido, por favor, entre em contato conosco e ela será rapidamente tirada do ar.